BEDA 2019 #DIA13

by - agosto 13, 2019

CENTRO DO RJ


 Ola a todos!! Hoje eu não sai do RJ, estou aqui mesmo para lembrar a todos os cariocas e fluminenses, que aqui mesmo tem muita história a ser explorada. Aqui tem muitos museus e exposições para serem vistas. O centro do RJ durante a semana é o centro nervoso do trânsito de carros, pessoas, patinetes,VLT, mas no final de semana tudo fica mais tranquilo. Apesar que todos os museus também funcionam durante a semana.


 A minha dica de hoje é o PAÇO IMPERIAL que fica localizado na praça XV e tem muita pessoas que passam por ali todos os dias e nunca pararam para olhar um exposição, para entrar e imaginar quantas histórias aconteceram naquele local, que é da época do império. Local este que ja foi a casa da moeda, nesta entrada ainda tem traços dos fornos que haviam no local e que ainda guarda parte desta nossa história.

DE ACORDO COM O WIKIPÉDIA:
O Paço Imperial é um edifício colonial localizado na atual Praça XV de Novembro, no centro histórico da cidade do Rio de Janeiro, Brasil.

Construído no século XVIII para residência dos governadores da Capitania do Rio de Janeiro, passou a ser a casa de despachos, sucessivamente, do Vice-Rei do Brasil, do Rei de Portugal Dom João VI e dos Imperadores do Brasil. Atualmente é um centro cultural. Pela sua importância histórica e estética, o Paço Imperial é considerado o mais importante dos edifícios civis coloniais do Brasil.


 Fico sempre impressionada quando visito o Paço, fiquei imaginando quantos homens eles usavam para movimentar este móvel de madeira maciça, é uma peça muito incrível.


ANGELO VENOSA INAUGURA NOVA EXPOSIÇÃO NO PAÇO
 Sempre tem alguma exposição nova aqui no Paço
 O Venosa sempre trabalhou as formas ele gostava de brincar com isso, e suas peças são a expressão clara de seu gosto  e como tudo pode mudar também para outra forma de se formar.

 Essa brincadeira das formas foram passadas por telas com tinta acrílica e diversas formas.

A FAMOSA CATILINA DE VENOSA
 Com Catilina, escultura site specific, artista reflete sobre o tempo, a ruína e o poder da criação

Angelo Venosa inaugura Catilina, exposição individual no Paço Imperial, no dia 1 de agosto, quinta-feira, 18h30, dentro do novo bloco de mostras aberto pela instituição. Catilina é composta de uma escultura de grandes dimensões, que se relaciona diretamente com a Sala 13 de Maio do Paço, onde está instalada. O escultor não expunha em uma instituição pública do Rio desde 2012, quando apresentou uma mostra panorâmica no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM-RJ).

Com curadoria e texto crítico de Daniela Name, Catilina, escultura e exposição, fazem referência a Lucius Sergius Catilina, militar e senador célebre por ter tentado dar um golpe na República Romana. Cicero criou uma série de discursos, hoje conhecidos como Catilinarias, para atacar Catilina e assim evitar a ruína de Roma. A frase Quo usque tandem abutere, Catilina, patientia nostra? (algo como “Quão longe você vai abusar da nossa paciência, Catilina?”) é até hoje uma espécie de paradigma para o aprendizado da retórica e parece ecoar na escultura criada por Venosa.
Informações retirada do site AMIGOS DO PAÇO 

Em outras salas tem uma exposição para que possamos lembrar de ter mais consciência ambiental



 Nesta parede acima tem diversos lixo que deixamos nas prais. São sacos de biscoitos, garrafas de cerveja, tampinhas etc... aquele lixo mas comum.


fachada do Paço Imperial

Saindo Paço Imperial você pode continuar passeando pelo centro.
 Aqui é o centro cultural dos correios.

 Podemos visitar o CCBB, CASA DA FRANÇA, CENTRO CULTURAL DA CAIXA entre outros centros culturais todos no centro e que se pode visitar todos a pé .
 Eu amo perambular pelo Centro do RJ nos finais de semana e poder andar mais tranquila e conhecer as exposições.
Ainda tem o ARCOS DA LAPA, MUSEU DE ARTE, CENTRO CULTURAL JUSTIÇA FEDERAL.
Então para você que nunca teve  a oportunidade de conhecer um outro lado do RJ fora os dias normais de trabalho, meu convite é para você morador do Rio e Grande Rio, se permita a conhecer os centros culturais que sua cidade oferece e todos os lugares citados a entrada é free.
Me contém ai o que você pode fazer na sua cidade?


E não esqueçam de visitar a Praça Mauá que tem uma parede cheia de grafites e um maravilhoso, do grafiteiro brazuca conhecido no mundo, o KOBRA.

Um grande e beijo e não esqueça de visitar o o blog da minha companheira de BEDA 2019Miriam Tonon

You May Also Like

6 comentários

  1. faz 2 anos que fui ao Rio e tbm passeie bastante nessa área central, conheci vários museus, é mesmo bem bacana

    ResponderExcluir
  2. Já fui duas vezes ao Rio mas nunca tive oportunidade de conhecer o centro, achei bem interessante!

    ResponderExcluir
  3. Nunca fui nesse museu,seria legal um dia passar lá. Parece ser bom!

    ResponderExcluir
  4. Não moro no Rio, será que eu consigo uma guia trevosa para me ajudar nos passeios? Kkkkk Moro em cidade pequena, então nada é tão glamuroso assim. As foros estão incríveis, beijos srta brabuleta.

    ResponderExcluir
  5. Fiquei curiosa pra saber o que é VLT. Acredito que além da correria do cotidiano, não temos essa cultura de ver exposições, não estamos acostumados ainda. Beijo

    ResponderExcluir
  6. As vezes a gente esquece que aonde nós moramos tem tanto pra explorar se divertir.

    ResponderExcluir

Seja gentil ao comentar.